A Aspen utiliza os dados dos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Esses cookies, bem como os dados dos formulários, tem como objetivo o uso interno para melhorar o desempenho do site e não serão, sobre hipótese alguma, divulgados publicamente.
Acesse aqui a nossa política de privacidade.

    Cuidado Com Surto De Piolhos Nas Volta Às Aulas

    Você sabia que a pediculose é uma doença causada pelos piolhos e atinge preferencialmente crianças em fase escolar? Com a volta às aulas podem ocorrer surto de piolhos.
    Especial : Confira novidades da Natura para essa semana (
    acesse aqui)

    As zonas onde os insetos preferem se alojar são especialmente a nuca, e atrás das orelhas.

    Embora não consigam saltar ou voar, os piolhos podem ser transmitidos de pessoa para pessoa através de contato direto, como abraçar ou dormir na mesma cama, ou pelo compartilhamento de objetos de uso pessoal.

    Com a infestação, a criança passa a coçar a cabeça intensamente, provocando pequenas lesões no couro cabeludo, o que facilita o acesso de germes e bactérias dentro da corrente sanguínea, uma vez que, a cabeça é ricamente vascularizada. A picada do piolho também causa grande irritação à pele, pois a reação à sua saliva costuma desencadear uma dermatite bastante irritante.

    Para tratar a pediculose, que atinge uma em cada quatro crianças, é preciso que os pais fiquem bastante atentos.

    Confira as 5 dicas para evitar os piolhos

    evitar os piolhos

    A Aspen Pharma Brasil, que produz o Kwell, medicamento de referência para o tratamento de piolhos e lêndeas, nos ajudou com dicas para você evitar essa praga

    • Durante o verão, prenda o cabelo dos (as) pequenos (as) em coques ou rabos de cavalo;
    • Evite compartilhar itens pessoais da criançada, como bonés ou prendedores de cabelo;
    • Verifique os cabelos das crianças com um pente fino pelo menos uma vez por semana; é mais fácil controlar os piolhos no início da infestação;
    • Independentemente de renda, sexo ou idade, qualquer pessoa pode ter piolho, desde que não esteja atenta ao compartilhamento de objetos de uso pessoal.

    Assim como qualquer medicamento Kwell deve ser utilizado conforme orientações presentes em sua bula. Além de eficaz, é seguro e recomendado para adultos e crianças (acima de 2 anos).

    Não tratar a pediculose capilar infantil pode acarretar mau desempenho escolar por causa da coceira, noites mal dormidas e, nos casos mais graves, anemia provocada pela hematofagia desses insetos.

    Como saber se a criança está com piolho ?

    As vezes não reparamos que a criança esta com piolhos, mas alguns sintomas são bem visíveis como :

    • Coceira intensa no couro cabeludo;
    • Feridas causadas pelo ato de coçar;
    • Marcas visíveis deixadas pelas picadas de inseto;
    • Aparecimento de ínguas e infecções secundárias nos casos mais graves de infestação

    Por isso examine com frequência a cabeça do seu filho e não siga receitas caseiras, que além de ineficazes podem fazer mal à saúde e caso seu filho tenha piolho e divida a cama com alguém da família, a pessoa também deve ser tratada, mesmo que ainda não apresente os sintomas.

    E pegar piolho não é falta de higiene, até porque o piolho prefere cabelos mais limpos.

Arquivos